Exposição Nestlé – 85 anos do Nescau

Na manhã da terça-feira, dia 12 de dezembro, fomos convidados à exposição no Centro de Memória da Nestlé, na própria sede da empresa, que fica na região do Morumbi, em São Paulo.
Nestle1O próprio Centro completa 25 anos em 2017, há uma grande acervo com todas as reportagens, embalagens clássicas, propagandas na mídia física e audiovisual e tudo isso só caiu em nossa Nostalgia: como não lembrar das propagandas da Nescau que fizeram parte da nossa infância? Ou de embalagens que marcaram a vida de muitos?

 

Todos têm, pelo menos, um produto favorito da empresa. Pense bem: Leite Ninho, Nescau, Leite Moça, Creme de Leite, Farinha Láctea e inúmeros chocolates: não há como ficar indiferente.Nestle2
Este mesmo evento marcou os 85 anos do Nescau, um dos principais achocolatados do país, também com o mesmo raciocínio: mostrando desde os primórdios, todas as embalagens e mudanças através do tempo, até os dias atuais, sobretudo com as variações do Nescau: hoje em dia o produto é Cereal, já pode vir pronto e, por um tempo, foi até chocolate em barra.
O que os responsáveis focaram na exposição foi na importância do produto na formação de várias gerações desde o seu lançamento e de sua presença na questão alimentar, a empresa se orgulha do valor nutritivo da maioria de seus produtos e o próprio Nescau é a base da refeição matinal de muitos.
Nestle4O jogador Kaká estava presente no evento, ele é o garoto-propaganda da Nescau e foi muito atencioso com jornalistas e os funcionários da Nestlé, onde ele focou na importância da empresa na questão esportiva e na reposição das energias. Ou seja, sua escolha não foi aleatória.
Obviamente, Kaká é um jogador conhecido mundialmente e atrai muita mídia, mas houve sim, uma razão lógica para chamá-lo e não somente a razão mercadológica.
No final do evento, todos os convidados ganharam uma sacola com vários produtos da Nestlé, um grande livro com a história da empresa e alguns cartões-postais com embalagens clássicas.
A história existe justamente para estudarmos o passado e entendermos o presente. No caso da Nestlé, estudar seu passado só causou mais empatia para entendermos o porquê gostamos de muita coisa até os dias atuais e que sempre se renovam.Nestle3
Foi uma experiência muito proveitosa e só temos a agradecer pelo convite. Foi uma viagem de aprendizado e Nostalgia.
Ou como diz o saudoso Cazuza: “Eu vejo o futuro repetir o passado”.

Nerd: Raphael Brito

Share This Post On