Filme Ruim Dá Origem a um Filmaço

Ed Wood já foi considerado o pior cineasta de todos os tempos no passado: seus filmes eram terríveis, mas ele tinha paixão e acreditava no que fazia.

Tudo isso foi muito bem retratado em Ed Wood, filme de Tim Burton estrelado por Johnny Deep e que deu o Oscar de Ator Coadjuvante para Martin Landau. O filme de Burton mostra a vida de obra de Wood e os bastidores da produção de Plano 9 do Espaço Sideral, considerado um dos piores filmes de todos os tempos.

Artista2

E agora, em 2018, chega aos cinemas a comédia Artista do Desastre, baseado no livro homônimo de Greg Sestero - interpretado no filme por Dave Franco -, que conta a vida do cineasta Tommy Wiseau - papel de James Franco – e a produção de The Room, filme de baixo orçamento e também considerado um dos piores da história. Mas as semelhanças com Plano 9 não param por aí: ambos os filmes se tornaram cult de tão ruins, ganharam uma legião de fãs e hoje são artigos de colecionador.

O espectador pode entrar no filme sabendo da sinopse, mas a experiência fica melhor ainda se ele não souber do que se trata, justamente pelo fator surpresa, mas também porque o primeiro ato não dá vestígios disso: é uma história de motivação sobre seguir os seus sonhos e quase um road movie de 2 jovens aspirantes a atores, Tommy e Greg, em busca do sucesso em Los Angeles. É quase uma paródia de La La Land.

Artista5

James Franco dirige e atua no filme, e faz seu melhor papel desde 127 Horas, ao menos ele se diverte no papel e abraça o bizarro. Seu Tommy é um personagem quase clássico e candidato e cultuado. Já Greg - vivido por seu irmão, Dave Franco, que é tão bom quanto ele, a química e espírito de parceria entre os dois é brilhante -, é um sujeito que muitos gostariam de ter como amigo.

Na segunda hora, há uma mudança no tom do filme: a história de superação se torna uma cômica saga de um filme de baixo orçamento e de um diretor estreante, e todos os problemas da produção de The Room, as bizarrices de um roteiro que apenas Tommy acreditava, que aliás, é outra semelhança entre Tommy Wiseau e Ed Wood - os dois eram os únicos que acreditavam em seus projetos, inclusive se comparando com cineastas consagrados. Ed se comparava com Orson Welles e Tommy se comparava com Alfred Hitchcock.

Artista3

Artista4Isso pode ser algo motivador e inspirador para as pessoas nunca desistirem e não deixarem que as limitações atrapalhem o sonho, mas o filme deixou claro que Wiseau era visto como um sujeito arrogante, que não ouvia a equipe, mas sua bizarrice vai levar a plateia aos risos esparsos.

James Franco se revela um bom diretor aqui, sabe conduzir a sua história, apesar dos problemas que o filme tem com a passagem de tempo (que poderiam ser resolvidos com uma montagem mais eficiente), mas está entre amigos: além de seu irmão, Dave, há a presença de Seth Rogen, Zac Efron, Josh Hutcherson, Alison Brie, Jacki Weaver, além das pontas de Sharon Stone, Bryan Cranston, Melanie Griffith e Bob Odenkirk. 

Artista do Desastre está indicado aos Globos de Ouro de Filme de Comédia ou Musical e Ator para James Franco. Pode não ser perfeito, mas merece uma chance com o público na temporada das premiações e, assim como The Room, tem tudo para virar cult com o tempo.

 

Nota

Nerd: Raphael Brito

Share This Post On